JAMAC

Jamac.jpg

Jamac – Jardim Miriam Arte Clube

Dando bandeira, 2019

Impressão digital sobre tecido

JAMAC

O Jardim Miriam Arte Clube é um espaço cultural na Zona Sul de São Paulo, criado em 2004 pela artista plástica Mônica Nador. O JAMAC tem como objetivo central construir processos de formação que estimulem encontros entre arte e vida, estética e política. O espaço acolhe atividades como oficinas, exibições, rodas de conversa e aulas abertas, sempre com foco em diversidade, formação para a cidadania e direito à cidade e à memória. 

Site: https://jamacarteclube.wordpress.com 

 

Mônica Nador 

1955, Ribeirão Preto, SP

Vive e trabalha em São Paulo.

Artista plástica, formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em São Paulo, em 1983. Seu trabalho mais antigo data da década de 1980. Obteve o título de mestre pela ECA-USP por seu trabalho Paredes Pinturas, sob a supervisão de Regina Silveira. Em 2003, Mônica Nador fundou o Jardim Miriam Arte Clube (JAMAC), no bairro Jardim Miriam, em São Paulo, onde mora. 

As principais exposições de Mônica incluem a Bienal de Arte de São Paulo de 1993; a Bienal de Arte de São Paulo 2006; a Bienal de Havana (2000, Cuba); a Bienal de Sydney (2004, Austrália); Mônica Nador & Jamac – Autoria Compartilhada (2011, Pavilhão das Culturas Brasileiras, SP); a Bienal de Guangzhou (2012, Coreia); Mônica Nador + Jamac + Paço Comunidade (2015, Paço das Artes, SP); a Bienal de Lubumbashi (2015, Congo); e Namblá Xokleng (2018, Museu de Arte de Santa Catarina, Florianópolis). Em 2019, participou da osloBiennalen (Noruega) e da coletiva Somos Muit+s, na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 2011, Mônica recebeu o Prêmio Governador do Estado para a Cultura e, em 2018, o Prêmio Montblanc de Patrocínio das Artes, devido ao seu trabalho no JAMAC.